sexta-feira, 4 de maio de 2012

O Mestre das metáforas e o Cuidado.



Educador: Natanael Steffen
CREF3 008348
IT.6614/10
Se a pessoa não cuida de si mesma, como cuidará de outros? Paulo escrevendo ao jovem Timóteo afirma: "Tem cuidado de ti mesmo" (I Tm. 4.16). Essa recomendação tem relação com a piedade pessoal, com os exercícios devocionais, com a integridade e com a sinceridade. Ao analisar a vida de Paulo, afirma que o ser humano precisa cuidar de si, pois não é um super-homem nem possui garantia de espiritualidade. Paulo diz: "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina". Se o cuidado ficar somente na doutrina o ser humano fica nulo. Para Paulo, “[...] Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes. 
Paulo uma comparação a uma prova atlética
Paulo foi tão influenciado por essa pista de corrida que, mais tarde, em seus escritos, comparou a vida cristã a uma prova atlética, considerou que a vida em Cristo tem um ponto de partida, uma pista e um alvo. O Cristão não é alguém sem rumo, tem um alvo diante de si e se concentra na busca do prêmio. No final de sua vida, sua mente voltava para a pista em Tarso, tanto que escreve: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé” (II Tm,4.7).O pai de Paulo permitia que fosse ao ginásio ver rapazes saltar, correr e praticar todo tipo de esporte, dizia-lhe que o exercício físico era necessário à formação de bons soldados, mas o jovem que estudasse a lei de Moisés seria um homem melhor. Paulo não ficou só aprendendo a Lei; como afirma o ditado rabínico: “O homem que não ensina um ofício ao filho, quer que ele se torne ladrão, pois quem não trabalha para ganhar o próprio pão, o come de outro” .Porém, seu pai o ensinou uma profissão, ele era fabricante de tendas e fora morar em Tarso atraído pela fama de seus tecelões, os quais também faziam lonas, velas para navios e barcos, trajes externos para pescadores e marinheiros. Para aprendero ofício, Paulo foi matriculado na Escola do grande Gamaliel, um dos mais sábios fariseus deJerusalém, com grande reputação de sua sabedoria e bondade.
Paulo: Cuidando dos conceitos adquiridos
Paulo, como judeu, seguidor de Gamaliel, cidadão romano, defendeu a ideologia dareligião judaica, transformando-o, desta forma, num implacável e temido perseguidor dosapóstolos, diáconos e seguidores de Jesus de Nazaré. Temos que considerar todos essesfatores: sua educação, a convicção de que o que havia aprendido a vida toda eracorreto. Deste modo, estes perseguidores matavam sem absolutamente piedade, e o que é pior,era em honra e defesa do nome de Deus. Neste contexto, fica claro que o cuidado esteve muito autêntico na vida de Paulo, porém, mais tarde, convertendo-se ao cristianismo, coloca em prática tudo que aprendeu, apostando no evangelho de Cristo e passando de perseguidor a perseguido. Escolhido por Deus para ser o apóstolo dos gentios, fez quatro viagens missionárias acompanhando o progresso dos cristãos. Escreveu suas cartas dirigidas às igrejas da Ásia e províncias, consolando, estabelecendo-os na fé, sempre procurava algum exemplo que fixasse para sempre suas palavras à mente dos leitores. Paulo demonstra, em seus escritos, o cuidado com a doutrina, como também, os procedimentos para saúde de seus liderados. Devido à sua atuação como líder em defesa dos Cristãos, contra quem o ressentimento público era grande, Paulo fora acusado e condenado à sentença de morte pelo Imperador Nero aproximadamente no ano 68dC, Por ser um cidadão romano, Paulo não seria crucificado, mas decapitado. O ar frio do inverno esfriara o cepo junto ao qual Paulo ajoelhou-se, lembrando de seu escrito: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé, desde agora, a coroada justiça me está guardada”. A lâmina da espada brilhou ao sol. Paulo fechou os olhos para amultidão ruidosa, e quando os abriu de novo, estava na presença de Jesus de Nazaré, onde háplenitude de alegria e em cuja à destra há prazeres eternos (Sl. 16.11) A vida de Paulo acabaem sua entrega aos cuidados eternos.
Compreendemos, portanto que os ensinamentos estão voltado ao CUIDADO do outro, com assistência espiritual. PAULO, teve uma vida construída em torno de cuidados, de acordo com a sociedade romana e pela sociedade grega, conduzindo a sua vida e deixando seu exemplo de coragem e determinação com exemplos e aplicações práticas que nos servem até hoje. Paulo agrega as orientações para os cuidados do corpo e de si, o cuidado para as coisas espirituais. 
Bibliografia
STEFFEN, Natanael. O cuidado, a Doutrina Pentecostal e sua relação com as aulas de educação física.(monografia especialização)


Nenhum comentário:

Postar um comentário