sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

BREVE RESUMO DO FUTSAL

O FUTSAL surgiu da adaptação do antigo FUTEBOL DE SALÃO, foi inventado em 1934 na Associação Cristã de Moços de Montevidéu, Uruguai, pelo professor Juan Carlos Ceriani.
No início se jogava com cinco, seis ou sete jogadores em cada equipe, mas logo definiram o número de cinco jogadores para cada equipe.
As bolas usadas eram de serragem, crina vegetal, ou de cortiça granulada, mas apresentavam o problema de saltarem muito e frequentemente saiam da quadra de jogo, então tiveram seu tamanho diminuído e seu peso aumentado, por este fato o futebol de salão foi chamado de “Esporte da bola pesada”.

Habib Maphuz é um dos nomes que mais se destaca no inicio do Futsal no Brasil. Maphuz era professor da ACM de São Paulo e no início dos anos cinquenta participou da elaboração das normas para a prática de várias modalidades esportivas, sendo uma delas o futebol jogado em quadras, tudo isto no âmbito interno da ACM paulista, este mesmo salonista fundou a primeira liga de futebol de salão, a Liga de Futebol de Salão da Associação Cristã de Moços.
 
Juan Carlos Ceriani e Habib Maphuz professores da ACM são considerados os pais do futebol de salão / Futsal. Este esporte é sem nenhuma contestação a segunda modalidade esportiva mais popular no Brasil, somente atrás do futebol, e atualmente o esporte em maior crescimento em todo mundo.
PRINCIPAIS REGRAS

Como todo esporte, o Futsal necessita de regras para poder ser praticado. Com o tempo, ele sofreu algumas mudanças até ser aperfeiçoado. Seguem as principais:
A quadra de jogo terá uma forma retangular com o comprimento máximo de 42 metros e mínimo de 25 metros, e sua largura de 22 metros no máximo e mínimo de 15 metros. Maioria das quadras são padronizadas no tamanho 40 x 20.
Terão linhas de marcação visíveis com 8 centímetros de largura.

O Jogo terá 2 tempos de 20 minutos cronometrados.

A bola durante a partida, só poderá ser trocada com autorização prévia do árbitro.

Bola de saída / Centro da Quadra

No início da partida, o jogador irá dar um chute no lado contrário da quadra. Enquanto isso, os jogadores do time adversário devem permanecer a pelo menos 3 metros da bola e nem poderão invadir o lado adversário da quadra até o pontapé inicial ser efetuado e a bola ser movimentada. O jogador que efetuar o pontapé inicial só poderá voltar a tocar na bola após outro jogador tê-la tocado.


Bola em jogo e fora do jogo


A bola estará fora do jogo quando ultrapassar as linhas laterais ou de fundo, quando bater no teto e quando a partida for interrompida pelo árbitro. Será considerada em jogo em qualquer outra situação, do começo ao final da partida.


Tiro de Meta

É o arremesso que o goleiro executa quando a bola ultrapassa a linha de fundo. Esse arremesso deverá ultrapassar a área em frente ao gol. O goleiro não deve exceder o tempo de 4 segundos com a bola antes de arremessar.
A partida só poderá ser iniciada com um número total de 5 atletas por time, sendo um deles obrigatoriamente o goleiro. Terá um número máximo de 7 atletas reservas para substituição.

O número de substituições é indeterminado, sem a necessidade de paralisação da partida. exceto a substituição do goleiro que tem a necessidade de autorização prévia do árbitro.

A substituição deverá ser realizada pela linha da zona nos três metros correspondentes ao lado do banco de reservas e sempre após o atleta substituído ter ultrapassado a linha lateral.

Atletas

Os trajes obrigatórios dos atletas compõem-se em camisa de manga curta ou comprida, calção curto, meiões, caneleiras e chuteiras. As caneleiras deverão estar cobertas pelas meias.

O capitão do time deverá usar uma braçadeira para poder ser identificado e os jogadores poderão usar as tornozeleiras por dentro ou por fora das meias.

O goleiro deverá usar uma camiseta de cor diferente dos outros jogadores, sendo único a ter permissão de usar calça de agasalho.

Árbitros

Os trajes obrigatórios dos árbitros compõem-se em camisa de manga curta ou comprida, nas cores escolhidas e aprovadas por sua entidade, calça, cinto, meias e tênis ou sapatos da cor branca. As camisas deverão ser de cor diferente dos atletas para assim não ter perigo de confundir.Cronometristas e anotadores

Os trajes dos cronometristas e anotadores seguirão a mesma regra dos árbitros, a única diferença será a cor do tênis ou sapato, que deverá ser de cor preta.Equipe de Arbitragem

Deverão usar camisa à altura do peito e com o distintivo da entidade as quais são vinculados, segundo a regulamentação baixada por seus países.

O árbitro principal e o auxiliar deverão usar camisas de mesma cor, não alterando os demais equipamentos.

O Árbitro

O árbitro cuida de todas as regras do jogo. Cabe a ele julgar e chamar a atenção quando ocorrer infrações.

Não poderá tomar decisões baseadas somente no favorecimento de uma determinada equipe.

Deverá relatar todos os incidentes antes, durante e depois das partidas.

Deverá expulsar o atleta que agir com conduta violenta e com intenção de atingir fisicamente outro atleta.

Árbitro auxiliar
Como o próprio nome já diz, ele auxilia o árbitro principal, tendo permissão para assinalar as infrações se achar que o árbitro principal não conseguiu perceber. Fará uso do apito para sinalizar o que perceber no jogo.

Em caso de discordância com o árbitro principal, prevalecerá a decisão do árbitro principal.

Cronometrista

Terá função de analisar todas as regras de tempo do jogo, entre elas a de controlar os dois minutos de expulsão temporária do jogador, com fiscalização de entrada de outro jogador somente após bola fora do jogo.
Terá de usar um cronômetro.
Anotador

Terá função de anotar e controlar infrações que possam ocorrer durante o jogo, entre elas as cinco primeiras faltas acumulativas cometidas pelo time em cada período de jogo. Ao registrar isso, deverá anunciar ao árbitro com seu apito, que será de silvo diferente do árbitro, para assim os jogadores não ficarem confusos.
 
Observação copia do profnil.
http://profnil.blogspot.com.br/2013/10/breve-resumo-do-futsal.html
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário